A História de Dezembro - Mudar de Vida

A História deste mês é diferente, não é o antes e depois. É um antes e durante porque este guerreira continua na luta contra o peso. Já perdeu muito, mas ainda tem muito a perder. Mas por ser uma história tão inspiradora resolvi conta-la já. Daqui a uns meses vamos ver como está. "Conheci-a" num grupo de perda de peso e depressa deu nas vistas pelo forma como perdia peso e o que fazia para perder. Não é fácil, ninguém diz que é, mas vale a pena.
Inspirem-se na História da Vanda.


Há muitos anos que luto contra o excesso de peso, mas piorou depois do nascimento da minha princesa, há 7 anos, com uma depressão pós parto, refugiei-me na comida, era a minha companheira, a minha aliada, o meu refugio, pois sempre que me sentia em baixo era na comida que me refugiava.O ano passado tive um esgotamento nervoso e estive seis meses de baixa, pensei várias vezes em morrer, pois era uma inútil, não servia para nada, sentia-me um monstro! No dia em que comecei a trabalhar, depois de estar de baixa os 6 meses, comecei a pensar que tinha que viver! Pois tenho 3 meninos lindos que precisam de mim, tenho uns pais que me adoram, por isso foi aí que a minha mudança começou!
No dia 13 de abril deste ano, subi à balança, pois não fazia ideia do peso que tinha. Quando vi os 133.300 kg, chorei imenso, como foi possível ter chegado aquele peso? O que tinha feito com a minha vida, com o meu corpo. Mas em vez de me ir refugiar na comida, calcei uns ténis e fui andar. A partir desse dia comecei a levantar-me às 6.30 para ir andar, pois à tarde era mais complicado.
Desde aquele dia até hoje perdi 33.300 kg, a minha caminhada/luta não tem sido fácil, mas tem sido recheada de vitórias, há alturas em que a fome psicológica ainda me ganha, mas hoje eu consigo assumir o controlo mais facilmente.




Mudei de vida, mudei de hábitos, hoje já não sou a mesma, pois adoro este meu novo estilo de vida, mesmo com todos os percalços que vou tendo. Ainda tenho muito peso a perder, mas se eu consegui perder 33 kg, claro que consigo mandar embora outros tantos! Claro que nesta minha caminhada tive a sorte de ter a amizade de 4 guerreiras que apesar de estar longe fisicamente elas já moram no meu coração e são um pilar importante na minha vida! Se eu consigo, tu também consegues, calça as sapatilhas e começa a tua caminhada, não é fácil, mas é muito compensador.


Boa sorte Vanda, força!

Comentários

Mensagens populares