A tenda Armada

Andava eu a pensar.
Ai e tal agora não me acontece nada divertido.
Eis que sem nada o prever tenho uma peripécia com o A.
Ontem um amigo ofereceu-nos um daqueles tapa vento para a praia.
Chego a casa muito entusiasmada e digo ao A.
- Que fixe, deixa lá ver. Abro? Será que depois consigo voltar a dobrar direitinho?
- Abre!
Plimpim! Num segundo a "tenda armada".
E diz o A. - Ai que vou-me consolar ai dentro
Depois de observar bem a coisa e de achar muito "jeitosa"  digo eu já a medo.
- E agora será que sei voltar a por no sitio?
Ora então vamos lá, era assim dobra "assado" e não, não dá. espera é assim!
- Tá quase, é parecido mas não, não cabe.
- Segura daí Solita. A Solita, segura mas aquela treta volta a desenrorar-se toda.
Às tantas olho para o A. e o ar dele como se percebe-se muito bem, mas não entendendo nada, dá-me uma vontade louca de rir. Foi gargalhada total.
Olha deixa ai. Diz-me ele já em desespero, pega no telemóvel e liga ao nosso amigo e a conversa foi esta.
A. - Olha arranjaste-a bonita.
P. - ??
A. - Porque a Solita resolver ver a tenda e agora não conseguimos dobrar esta merd@.
P. blá, blá, blá.
A. - Olha fica assim até ao fim de semana, depois vens cá arranjar isto.


Eu com a tenda de um lado para o outro, sem saber onde a por, a rir ás gargalhadas a imaginar a figurinha que ia fazer na praia se a tivesse levado. Já me estava a imaginar a vir com ela aberta no carro.
Oh vida esta valeu para a semana toda.
Foi mesmo engraçado!
Hehehe

Comentários

Quase um ano depois...voltas para montar a tenda!
Beijinho da Maria***
Solita disse…
É verdade!
Mas será que é para ficar??
Lol!
Jinhos

Mensagens populares