Peripécias

Caramba que há muito que eu não escrevo nada de divertido aqui no Blog. Não que não tenha peripécias divertidas para contar, é claro que tenho, não tenho é a paciência de outros tempos e a inspiração. Desde que o Teorias ao códrado, a Korrosiva, o Dante, que sabia tudo, a tronxa, (ainda vai escrevendo qualquer coisinha) e a Green Eyes  que deixou as peripécias, e mudou-se para as poesias, verdade seja diga que também eu mudei-me para o Facebook.
E perguntam vocês os poucos que irão ler este post.
Então solita há algo de novo?
- Então não há! Desde ter ido 2 vezes ao continente na 4ª feira por me ter esquecido do cartão multibanco, de ter andado ás voltas para comprar algo para o A. não fui logo escolher um perfume cujo o frasco estava... menos de metade... Pois isso!
Mas querem mais?
no dia seguinte fui logo lá trocar não fossem eles pensar que tinhamos gasto o perfume. Sim sr. devolveram-me o dinheiro e depois ia aproveitar para usar o cupãozinho de 5€ nas compras superiores a 20€ e não tinha levado o bendito cupãozinho? E depois não é que voltei lá mais tarde e com o stresss, esqueci-me de apresentar o raio do cupãozinho?????
E querem que conte o tombo do A.????
Bem essa tem mesmo de ser.Já o moço  estava deitado quando me lembro de passar a esfregona no chão, assim ficava a secar sem andar ninguém a "patanhar". Isto no meio das conversas que tinha de comprar um aspirador que o meu não anda grande coisa e as compras, e o queijo, que eu tenho de estar sempre a falar.
Finalmente deito-me.
A. - Apetece-me uma fatia de queijo.
Solita: - Pelo Amor da santa! mas são lá horas de comer queijo. Dizia eu.
Entretanto ele levanta-se, eu ouço um estromdro seguido de silencio.
Solita: - Que se passa?
Nada! Não se ouvia nada. Levanto-me e deparo-me com o meu rico balde da vileda com 12 anos todo partido água pelo chão o A. com ar danado. E eu incrédula.
Solita: - Cais-te? O que eu fui dizer.
A. -  Lavar o chão á noite, vejam bem se são horas de lavar o chão. Todo o dia amanhã em casa e vai lavar o chão á noite.
O homem parecia um disco riscado não sabia dizer outra coisa se não que não eram horas de lavar chão, como se houvesse horas marcadas para essa tarefa.
Eu, remeti-me ao silêncio, mas prestes a rebentar de riso a qualquer momento, enquanto a criatura desabafava a má sorte de ser ter estatelado no chão.
A. - Amanhã já sabes, vais comprar um balde nas promoções, querias um aspirador? Olha compras o balde que é mais barato.
Bem... eu ai já não aguentei mais e comecei a rir, até que ele começou a rir assim disfarçadamente e continuava.
A. - Eu não cai... eu nadei, f. tanta água...
Enfim! Só visto!

Comentários

Pec disse…
Desculpa, mas

ahahahahahah :P

Mensagens populares